Ao longo do mês de abril, a RDP África assinala os seus 25 anos de emissões com várias iniciativas e eventos especiais.

A RDP África comemora esta quinta-feira, 1 de abril, 25 anos de emissões. Com transmissão terrestre em Portugal, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe, através de 21 emissores FM, é hoje o maior projeto de rádio em língua portuguesa.

Para assinalar os 25 anos, a RDP África está a preparar um conjunto de eventos/programação especial, com destaque para o espetáculo onde iremos distinguir 12 personalidades que se têm afirmado no universo lusófono em áreas tão diversas como a Ciência, a Música, a Literatura, as Artes Plásticas, o Desporto, o Cinema, ou o Teatro. Neste evento, gravado nos estúdios da RTP e sem público, iremos também atribuir dois Prémios Especiais. A Gala RDP África – 25 Anos será emitida no dia 17 de abril, pelas 21h00, e conta com atuações ao vivo de prestigiados artistas lusófonos como Paulo Flores, Tito Pais, Calema, Micas Cabral, Guilherme Silva, Soraia Ramos, Manecas Costa e outros convidados surpresa.

Ainda no âmbito das comemorações, irá realizar-se o Seminário Internacional dedicado aos 25 anos da RDP África e da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa). Uma transmissão para acompanhar em direto dos estúdios da RDP África em Lisboa e em formato online no dia 15 de abril.

Ao longo do mês, outras iniciativas assinalam os 25 anos da RDP África, é o caso das emissões especiais em todos países africanos de língua oficial portuguesa com a deslocação inédita em simultâneo de enviados especiais a todos os países com emissão FM da estação e entrevistas com os Presidentes da República dos PALOP.

Entre os projetos previstos para os próximos meses, Nuno Sardinha, subdiretor da RDP África, destaca o alargamento das emissões da estação. “Está já aprovado pelo governo o alargamento da emissão ao Grande Porto, o que deve acontecer dentro de poucas semanas e ainda no decorrer de 2021 deverão ter início as emissões em FM em Luanda. De imediato vão formalizar-se parcerias com rádios no Brasil para troca de conteúdos e de retransmissão do sinal da RDP África no norte de Moçambique e em 26 rádios comunitárias da Guiné-Bissau, o que vai alargar de forma considerável a base de ouvintes do canal. Outra das apostas da RDP África é o desafio online, propondo posicionar-se cada vez mais como a grande plataforma de comunicação em língua portuguesa, em África”.

A RDP África conta com uma equipa de 26 profissionais (entre realizadores, jornalistas e produtores), a que se juntam correspondentes em todos os PALOP. É uma rádio generalista, que junta a informação ao entretenimento e que projeta no mundo as culturas lusófonas.