Destaques

Walk&Talk: 9.5 à escala da pandemia

Este ano, o regresso ao Walk&Talk faz-se com um pé no digital e um pezinho na ilha de São Miguel. Situada entre a edição 9 (no ano passado) e a edição 10 (que vai ser no próximo), a edição 9.5 deste festival de artes açoriano é um compromisso entre o online e o onsite: i.e., entre a vontade de que haja festival e a impossibilidade de nos reunirmos fisicamente. Até 19 de julho, o Walk&Talk fala-nos sobretudo a partir da plataforma criada propositadamente para a edição da pandemia.

A Mariana Oliveira entrevistou Jesse James e Sofia Carolina Botelho, as duas metades da direção bipartida do Walk&Talk.