Destaques

IndieLisboa: até ao querido mês de agosto

Se tudo fosse como dantes, a 17.ª edição do IndieLisboa estaria hoje a começar. Com as salas de cinema fechadas e os ajuntamentos interditos, o festival de cinema independente baralhou e voltou a dar: a edição de 2020 foi adiada para os dias 25 de agosto a 5 de setembro, mas a programação (quase) completa já foi apresentada.

A Mariana Oliveira desbrava os destaques em conversa com o programador Carlos Ramos: temos retrospetiva dedicada ao senegalês Ousmane Sembène, Foco Silvestre apontado à realizadora Mati Diop e um carinho especial para os filmes que vão passar na secção IndieMusic.