Destaques

Jardins Efémeros em Viseu

De 1 a 10 de Julho, os Jardins Efémeros voltam a dar cor à cidade de Viseu. Vanessa Augusto apresenta os destaques da edição 2016 do evento.

Estão em criação cerca de 380 actividades distribuídas nas categorias de artes visuais, arquitectura, som, pólis, mercados, oficinas, teatro e dança, sob a temática “Tempo”. Jardins Efémeros é um acontecimento cultural, com uma forte componente experimental e que objectiva reforçar a ligação e interface entre os numerosos agentes que fazem ” Viseu acontecer “.

Todas as actividades dos Jardins Efémeros são livres, apenas limitadas aos lugares disponíveis se em recintos fechados e por faixas etárias.            

MUPIs Je2016-5 (1)
 
   

Programação Musical

Dia 1 de julho

Lula Pena / Steven Brown e Blaine Reininger (tuxedomoon)/ Mohammad / Pedro Tudela

Os concertos vão ter começo no palco a construir na escadaria do adro da praça da Igreja da Misericórdia com a apresentação de Fado exquis de Lula Pena. A artista apresentará o seu último álbum editado pela Cramed Discs, Archivo Pittoresco.

O cenário majestoso da catedral de Viseu foi o cenário escolhido para o concerto dos co-fundadores da legendária banda Tuxedomoon, Steven Brown e Blaine Reininger. Este momento épico será precedido pelo “ profundo e monolítico som” dos Mohammad no interior da Igreja da Misericórdia onde apresentarão, em tom cerimonial a sua “experiência em som físico. A noite encerrará com um DJ Set do artista visual e sonoro Pedro Tudela no interior de uma loja ainda não habitada.

Dia 2 de Julho

Sensible Soccers/ Mary Lattimore/ Aisha Devi / Inês Meneses

O segundo dia começará com os Sensible Soccers no adro da Misericórdia. Pelas 23h, a sé de Viseu abrirá as suas portas para recebermos a artista norte americana Mary Lattimore (Ghostly Internacional). A artista fará a apresentação do seu último álbum na sua harpa de pedais com 47 cordas que vibrarão para os 600 espectadores que poderão assistir a apresentação do seu ambicioso novo álbum At the Dam.

O concerto final do dia 2 será apresentada uma “hipnótica maquina de meditações” pela artista Aisha Devi. O seu concerto acontecerá por baixo das estrelas no claustro maior do Museu Grão Vasco. A noite continuará com um DJ set da Radialista Inês Meneses.

 Dias 3 >7 de Julho

O artista sonoro Andreas Trobollowitsch traz o espetáculo “one man performance with adapted fans and an acoustic guitar”. O concerto terá lugar na capela da N. Senhora dos Remédios

Dias 8 e 9 de Julho*

No dia 8, Joana Gama apresenta Vexations, ao seu piano, numa viagem de esforço para celebrar os 150 anos do nascimento de Erik Satie.

A noite continuará em português com Filho da Mãe a colocar-nos em “suspensão trazendo à superfície as emoções e pensamentos que tentamos esconder ou  guardar para ocasiões como esta”.

A sexta-feira continuará em crescendo com um peso pesado da “cena electrónica”. Biosphere, levará a audiência a mais um momento especial, debaixo de estrelas, desta vez no claustro da Catedral de Viseu.

“Uma viagem emocional intensa e suja” será a linguagem que Autarkic (Tel Aviv)  transportará, para o seu concerto no claustro do Museu Nacional Grão Vasco, ao mesmo tempo Rui Miguel Abreu, jornalista e crítico de música encerrará a noite com um Dj set numa loja ainda inacabada com vista panorâmica sobre a cidade.

No sábado à noite, Alexis Paul, no seu órgão de barras, apresenta o projecto Saudaá Group, no claustro maior do Museu Nacional Grão Vasco.

Às 23h será a vez dos peixe: avião subirem ao palco das escadas da Misericórdia, onde vão apresentar o 4.º álbum Peso Morto.

Ainda na Catedral, LIIMA, o novo projeto dos membros da banda Efterkang, apresentarão o resultado da residência artística que farão durante uma semana em Viseu num momento épico no claustro da  Catedral de Viseu. A noite fechará com uma sessão de DJ set da editora lisboeta Príncipe.

 

Durante estes 10 dias, haverão DJ Sets a iniciarem diariamente os mercados às 17h.

Consulta a programação completa aqui.