Agenda

Dança “Autópsia” de Olga Roriz

Incluído nas celebrações do Dia Mundial da Dança, no dia 29 de abril, às 20h30, sobe ao palco do auditório do Centro Cultural da Malaposta Autópsia, uma criação de Olga Roriz.

Nome histórico da história da Dança Contemporânea, Olga Roriz, tem sido ao longo de 26 anos uma referência de qualidade profissional e artística a nível nacional e internacional. A sua Companhia de Dança caracteriza-se por ser uma companhia de autor que cria uma vasta obra com um perfil e estilo próprios. Todas as produções são o resultado de um intenso processo criativo, de investigação, partilha e reflexão. A Companhia Olga Roriz tem apresentado as suas produções em todos os espaços culturais de referência nacionais e Internacionalmente já atuou em Cabo Verde, França, Itália, Alemanha, Polónia, Brasil, Espanha, Checoslováquia, EUA, Macau, Coreia do Sul, Moçambique ou Tailândia. Mais recentemente, a peça “Síndrome” foi distinguida com o prémio de Melhor Coreografia 2017, pela Sociedade Portuguesa de Autores.

“Tudo o que amamos está prestes a morrer.
Está sempre tudo prestes a morrer.
A aflição vem em ondas de dor e de luto.
Lá onde o corpo fica excluído da compreensão, restam os lugares abandonados. Lugares de memória abertos a outros acontecimentos. Lugares de mutação à espera de uma transformada existência.
E depois da avalanche como tudo é tão frágil!
Tudo está aí à nossa frente, mas, no entanto, há histórias que não estão escritas em lado nenhum. Coisas de nada… Singularidades frustradas.
Dissecar o mau estar de cada um de nós. Matar cada um de nós. Autopsiarmo-nos.
A repetição… a repetição… a repetição… sem fim como as ondas, como a vida e a morte ou o nascimento e a morte, o dia e a noite…
As dores…”
Olga Roriz, Janeiro de 2019

Bilhetes disponíveis aqui.