Especiais

The Clash: 40 anos de “London Calling”

Texto: Mário Lopes | Locução: Daniel Belo | Sonoplastia: Luís Franjoso

 

Greves e protestos nas ruas. Motins contra a violência policial racialmente motivada. A juventude numa ansiedade crescente perante um futuro cinzento, com o desemprego a bater à porta. O ano não é 2019, mas sim 1979, e os Clash editavam, a 14 de dezembro, o terceiro álbum, London Calling — o momento em que se tornam a banda punk perfeita. Som e Palavra. Forma e Conteúdo. Unidos numa obra-prima em que punk rima com rock’n’roll, ska, dub, rockabilly. Na capa, inspirada na do histórico álbum de estreia de Elvis Presley, Paul Simonon esmaga o seu baixo no palco do New York Palladium. Quatro décadas depois, os estilhaços continuam aqui, bem visíveis.

Quatro décadas depois, não podíamos esquecer London Calling na emissão da 3. Em destaque neste faixa-a-faixa: “London Calling”, “The Guns of Brixton”, “Revolution Rock”, “Spanish Bombs” e “Death or Glory”.