Entrevistas

Parquet Courts

"'Total Football' é uma ideia bastante socialista"

“‘Total Football’ é uma ideia bastante socialista”

Os Parquet Courts são um dos grandes regressos aos discos nesta primeira metade de 2018. Wide Awake! é o sexto trabalho de estúdio da banda norte-americana, editado em maio.

Além do tema-título — que, por aqui, é um dos mais orelhudos da época —, o álbum vem com mais 12 temas. E abre com uma canção chamada “Total Football”, uma espécie de canção-manifesto que é também uma homenagem à história do futebol e à ideia de que nenhum jogador tem uma posição de jogo fixa — como preconizava a seleção holandesa na década de 1970. “É inspirada em futebol, mas é sobre coisas mais importantes do que isso”, diz, em entrevista à Antena 3, Andrew Savage, o vocalista e guitarrista dos Parquet Courts. “Gosto mais de equipas do que dos jogadores, e até é disso que a canção fala. Diz que a canção é mais importante do que a celebridade.”

Em época de Mundial de Futebol — que acontece na Rússia até ao dia 15 de julho —, uma entrevista de Bruno Martins com os Parquet Courts que mistura música e futebol e em que a banda norte-americana revela quais os favoritos para a edição deste ano da “copa”.