Entrevistas

Jessy Lanza

A música como salvação pessoal e prazer coletivo

Oh No: este é o título (e o grito) do último disco editado por Jessy Lanza, em 2016. Uma expressão breve para um sentimento que invadia o espírito, a mente e, talvez, até o corpo da artista e que intitula um disco que exorcizou o efeito deste sentimento, através da (pura) expressão lírica e musical.

A artista partilhou com a Teresa Vieira os momentos que a levaram até esse segundo disco — a família, os amigos, as influências, a sua cidade, o primeiro disco, os vídeos — e prometeu pensar na possibilidade de nos mostrar, nos concertos em Portugal, os seus novos passos musicais.

Agenda Gig Club:
23 de janeiro — Pérola Negra, Porto
24 de janeiro — Lux, Lisboa