Especiais

De Vento em Pop: Warhol para os nossos dias

Texto e Locução: Mariana Oliveira | Sonoplastia: Gualter Santos

 

Latas de sopa Campbell, Brillo Boxes, os retratos em série de Marilyn Monroe. A ideia de que, um dia, toda a gente seria famosa por 15 minutos. A arte como banalidade e repetição. No mundo da arte e fora dele, após Andy Warhol, nada ficou exatamente como dantes.

90 anos depois do seu nascimento — e na mesma altura em que o Whitney Museum, em Nova Iorque, apresenta uma das maiores retrospetivas da sua obra —, tentamos perceber como é que os ventos da pop art viajaram dos sixties americanos até aos nossos dias no especial De Vento em Pop: Andy Warhol para os nossos dias.

A Mariana Oliveira conversou com artistas, críticos e curadores sobre os legados do maior ícone desse movimento artístico — da pintura aos filmes, passando pelo papel que teve na criação do fenómeno Velvet Underground.