Se há coisa que não falta em Portugal durante o ano inteiro são dias de sol fantásticos e noites maravilhosas. Há teatros com bons actores, museus com acontecimentos fantásticos, espetáculos musicais de toda a ordem… Mas o shopping é sempre o shopping!

Até podemos ir só ver as montras e comer um gelado, mas nada se equivale a um passeio entre dezenas de lojas. Trajando ou não um belo fato de treino, acompanhados pela família ou indo sozinhos para ver as garinas ou os Davides Carreiras do shopping, ali estamos para participar naquela alegria, naquele colorido incomparável.

Os centros comerciais criaram um novo tipo de personalidade: o português “suave” passou a ser o consumidor passivo.