Olhando para todo o mundo ocidental, com Andorra e São Marino incluídos, é mais do que correto dizer-se que os portugueses são idênticos a outros povos no que às promoções, aos descontos ou aos saldos diz respeito.

Comprar mais barato, seja que inutilidade for, dá mais gozo aos portugueses que aos nossos parceiros europeus por uma razão simples: nós somos mais pobretes. Mas uma característica parece ser mais nossa: compramos demasiadas vezes o que não precisamos só porque está mais baratinho. E assim amontoamos alegremente uma série de coisas absolutamente desnecessárias. Compramos e compramos porque o preço era ótimo.

O português pode ser péssimo no código da estrada… mas no código de barras, é uma barra!