O Chef Valente acusa de traição e expulsa-o do Divina Comédia: não lhe perdoa o facto de ele ter defendido a Kika na guerra entre o salão e a cozinha.

Desesperado, Zé tenta a todo o custo fazer as pazes com o Chef, mas Valente não lhe dá qualquer hipótese…