O consultório da Dra. Sara foi assaltado, Alice já sabe da situação. A informação confidencial da jovem pode ter sido comprometida.

Emília recebe no seu escritório o homem que roubou o ficheiro que continha a certidão de nascimento de Alice.

Alice pode ficar descansada, uma vez que o detetive acredita que a rapariga que deu entrada no berço da esperança em 1991 morreu.

Mas, será que Emília fica descansada?