Cecília é uma mulher calculista. Movida pela sua grande astúcia e ambição, sabe tirar partido da sua sensualidade para atingir os seus objetivos.

No entanto, Sempre foi astuta e inteligente o suficiente para perceber que o que realmente lhe interessava era uma carreira consistente. Ao entrar na área de Marketing e Publicidade, começou a estabelecer contactos dentro da indústria até conhecer Francisco. Os dois envolveram-se e fruto do seu relacionamento nasceu uma criança, Bernardo, cuja paternidade é conhecida apenas por Cecília e pelo próprio Francisco.

Atualmente é o braço direito de Francisco na Agência de Publicidade. Esta posição permite-lhe controlar muito do que se passa na empresa. Cecília é uma mulher astuta, esperta e calculista. Mesmo assim, existem exceções. Cecília nutre um grande amor pelo filho Bernardo e sofre ao vê-lo descarrilar com a entrada na adolescência. Com Francisco também não mantém apenas uma relação de interesse. Vai para além disso. Cecília gosta dele, conhece-o como ninguém, ainda que mantenham uma relação, acima de tudo, descomprometida.

Mas, com Bernardo a entrar nos problemas próprios da adolescência e uma nova ameaça ao lugar de amante de Francisco, Cecília sente cada vez mais necessidade de exigir a Francisco o que nunca antes pediu.