Com 54 anos, Vitor Sobral é cozinheiro, autor, professor e consultor gastronómico de conceituadas marcas nacionais, referenciado com excelência na gastronomia portuguesa.

É filho e neto de alentejanos e está habituado desde cedo aos comeres tradicionais e bem temperados do Alentejo, cozinhados com produtos trazidos da herdade da família, na zona de Melides.

É um Chef metódico e organizado, tem um paladar educado desde criança e apurado para os pratos tradicionais da gastronomia portuguesa.

Dedica-se desde os 21 anos à cozinha e já publicou mais de 20 livros da sua autoria e como coautor. Começou a sua carreira culinária no Iate Ben, em Cascais, passou pelo Alcântara Café, pelo Café Café, Cervejaria Lusitana, Clube de Golfe da Bela Vista e restaurante Terreiro do Paço.

Revolucionou a cozinha e a restauração em Portugal e, hoje, é um dos Chefs de referência  dentro da sua classe. Apaixonado pelos petiscos e pelas tascas das nossas tradições, elevou-os às exigências das cozinhas do século XXI.

Tem conquistado vários prémios ao longo da sua carreira e, em 2006, foi agraciado pelo Presidente da República com o grau de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique, pelo seu desempenho e defesa dos sabores nacionais e laureado com o Prémio Mais Alentejo, pela Excelência Gastronómica. Em 2016 foi reconhecido com o Prémio Carreira do guia Boa Cama, Boa Mesa.

Detém a marca registada “da Esquina”, com os espaços Tasca da Esquina, a Peixaria da Esquina, o Balcão da Esquina e a Padaria da Esquina. Mais recentemente, abriu o Dom Roger, um restaurante de “cozinha portuguesa sustentável”, o Petiscar, restaurante de petiscos no food court do Mercado de Campo de Ourique e o Oficina da Esquina, em Angra do Heroísmo, nos Açores.