As We Dance vieram ao Got Talent Portugal em 2016.

A professora e fundadora da escola We Dance, Raquel Prazeres, fez ginástica rítmica de competição durante muitos anos e fundou esta escola para formar alunos em lyrica l dance, uma fusão de ginástica e dança. Fazem espetáculos e começaram a trabalhar em específico para isso.

Desenvolvem determinados temas para a apresentação desses espetáculos. A escola existe desde 2008. Depois do Got Talent, a escola We Dance cresceu muito, começaram a dar aulas nas escolas e acabaram por mudar de instalações. Alguns dos elementos do grupo que veem agora, inscreveram se na escola porque se encantaram com a participação das We Dance no GTP.

Há cerca de 2 anos, uma antiga colega da ginástica rítmica juntou se à Raquel neste projeto. A Beatriz trabalhou no Cirque du Soleil e fazer aéreos e começaram a trabalhar os alunos num misto de artes circenses com ginástica e dança.

O grupo que vem agora ao GTP é composto por 22 elementos, 5 dos quais já participaram na outra edição e que têm agora cerca de 15 anos.

Desta feita, também a Raquel e a Beatriz vão fazer parte do grupo, com um número aéreo. A bailarina mais nova tem 7 anos e a mais velha é a Raquel, com 34 anos (4 elementos estão com 7/8 a nos, cerca de 10 elementos têm 10/11 anos, outros estão com idades entre os 13 e os 15 e contam ainda com 3 adultas, entre elas Raquel e Beatriz).

As We Dance querem voltar ao GTP porque sentem que aquilo que viveram na edição de 2016 foi muito especial e querem repetir a experiência. Além disso, as alunas manifestaram uma grande vontade de dançar com a Raquel, pelo que desta vez a professora e fundadora vai estar a atuar também.

Todas têm muita vontade de vir ao Got Talent e é agora a oportunidade da Raquel viver esta experiência no palco.