Tiago Baioa tem 18 anos e vive com a mãe em Faro. Está no primeiro ano do curso de Ciências da Comunicação, mas é na guitarra que está a sua verdadeira vocação.

Lembra-se de ouvir música desde os 3 anos de idade. Michael Jackson era o seu cantor de eleição.

Aos 10 anos os pais compraram-lhe uma guitarra. Não sabia tocar, mas dedilhava nas cordas de coração. Foi ganhando cada vez mais interesse pelo instrumento e desejava tocar o que ouvia, pelo que por volta dos 11 anos começou a ter aulas de guitarra. Influenciado pelo rock, foi nesse estilo que foi investindo.

Aos 14 recebeu a sua primeira guitarra elétrica, que aguçou ainda mais o seu interesse. Quanto mais distorção a música tivesse, mais o cativava. E assim se foi apaixonando pelo heavy metal. Como os professores de música eram de jazz e a sua paixão era o metal, aos 15
optou por abandonar as aulas e começou a aprender sozinho.

Com 16 anos comprou uma segunda guitarra elétrica e uma interface de som e começou a compor as suas próprias músicas. Desde então, já gravou 50 músicas e lançou algumas no Youtube.

Tem um álbum de músicas pronto para ser lançado, mas ainda não arriscou a tentar a sua sorte numa editora porque quer atrair mais
público primeiro. No verão de 2021 participou no concurso de música “Música Já”, promovido pelo IPDJ. O 4º lugar garantiu-lhe 2 concertos e a passagem de duas das suas músicas numa rádio local do Algarve. Ainda aguarda a realização dos concertos.

Já atuou em público no concurso do IPDJ e em alguns cafés e bares.

O Got Talent será a sua maior atuação até ao momento. Sente que é um grande passo, necessário para o impulsionar na música e alcançar o sucesso que almeja. Tiago candidata-se agora ao Got Talent precisamente para dar-se a conhecer e à sua música. Quer mostrar que há mais música para além do que é conhecido.