A Maria está no 4º ano do Colégio Inglês e canta em todo o lado. Em 2019, a mãe inscreveu-a em aulas de canto e de piano. Também anda na We Dance (escola de dança da Raquel Prazeres – con-correntes nº 70) e, um dia, numa festa, a professora até a pôs a cantar a capella para uma plateia de 1000 pessoas. Mas a primeira vez que cantou em público foi antes, numa outra festa – da escola -, com 4/5 anos, onde fazia de anjo.

A Maria diz que canta desde bebé e que aos 3 anos começou a fazê-lo com a mãe. Para si, todas as músicas são especiais e bonitas. O estilo que mais ouve é o pop mas também ouve hip-hop (por causa dos irmãos e do pai) e acha que também gosta de rock. ‘Sempre quis cantar e nunca olhei para trás’.

Acha que vir ao GTP pode ser uma rampa de lançamento para realizar o seu sonho de ser cantora. Quanto a ser avaliada pelos jurados diz: ‘Eu acho que nunca devemos desistir dos nossos sonhos, principalmente quando os temos há tanto tempo!’