Leonor Almeida, 11 anos, Lagoa.

Leonor é uma menina de 11 anos muito querida, mas também muito tímida. Com apenas 3 anos decidiu ir buscar uns copos de plástico duros e colocar nos pés. Começou a dançar pela casa, dizendo que era uma bailarina e estava a dançar de pontas. Foi aí que a família percebeu que ela queria muito aprender ballet. Os pais apoiam-na imenso, assim como a irmã mais velha de 18 anos, que foi quem a inscreveu no programa. A certa altura, a dança começou a ficar mais séria e a Leonor começou a ir a competições. Para além do ballet, a Leonor também dança contemporâneo.

Desde que dançou uma vez na Praça da Alegria que a Leonor teve vontade de mostrar o seu talento no GOT TALENT PORTUGAL, até que a irmã a inscreveu sem ela saber. Acabou por ficar muito feliz. Este é o maior sonho da Leonor, ser bailarina profissional e um dia dançar na Ópera de Paris. Treina 5 dias, 18 horas por semana. Tem uma vida muito atarefada, mas como na escola faz parte de um projeto para atletas de alto rendimento, e tem apenas aulas da parte da manhã, consegue ter as tardes livres para treinar.

Desde maio de 2018 que participa em competições mais sérias. Já viajou para vários países em competições como a Roménia, Áustria, Itália, Alemanha. Em Viena ganhou o primeiro lugar em quase tudo (melhor solista de clássico, contemporâneo, dueto, trio etc.). Em maio deste ano ganhou os 3 primeiros lugares como solista de clássico, de contemporâneo e troféu da melhor bailarina do seu escalão.

Os pais são um grande apoio, mas a mãe é a sua eterna companheira. São muito próximas, a mãe dá-lhe muito mimo e é quem a acompanha sempre que vão viajar para competições.