O João está nas Forças Armadas para tirar o 12.º ano, a carta de condução e ter algum sustento.

Entretanto, aos 17 anos, entra numa escola e aposta na sua formação na dança. Hoje, gostava de ir além das aulas e dos workshops que fez para, um dia, ele próprio poder ser professor. O sonho é, aliás, conseguir ir estudar para os EUA e, depois então, evoluir em Portugal.

Diz que o momento mais feliz da sua vida foi quando publicou o seu primeiro vídeo e foi bombardeado com uma série de comentários positivos e motivadores.

Vem ao GTP para mostrar o seu talento às pessoas. Sente-se confiante e está ansioso para saber o que os jurados vão achar. Dançar no palco do Coliseu vai lhe dar muita visibilidade, pois vai poder dançar para muita gente, ainda para mais sozinho.

Vive com a mãe e com a avó são ambas cozinheiras e trabalham em restaurantes.