Estreia: Terça, 4 de Maio às 23:25, na RTP2

A jornalista sueca Jane Magnusson acompanha cada instante do mais produtivo dos anos da vida de Ingmar Bergman.

 

Em meados do século XX, durante um período de seis anos, algo insuperável acontece. Um sueco, esguio, perto dos quarenta anos de idade, vive um período de produção cinematográfica sem precedentes.

Entre 1957 e 1963, Ingmar Bergman (1918-2007) realizou alguns dos maiores clássicos da história do cinema, produziu peças para teatro e rádio, e realizou seis filmes para televisão. No panorama contemporâneo o realizador sueco continua a ser inigualável.

O documentário da jornalista Jane Magnusson centra-se no ano de 1957 em que Ingmar Bergman estreia dois dos seus mais aclamados e célebres filmes, “O Sétimo Selo” e “Morangos Silvestres”, encena quatro peças de teatro e realiza um telefilme. Magnusson acumulou uma riqueza de arquivos e entrevistas contemporâneas, juntamente com uma fantástica seleção de clipes de vasto corpo de trabalho do realizador sueco.

 

Ficha Técnica

Título Original

Bergman: Ett Ar, Ett Liv

Autoria e Realização

Jane Magnusson

Fotografia

Emil Klang

Música

Lars Kumlin, Jonas Beckman

Produção

B-Reel Films

Ano

2018

Duração

116'

Relacionados