Destaques

2021 abre com CLAV de ouro

Da mesma maneira que o público procura a cultura, nas CLAV Live Sessions a arte busca a sua plateia. As CLAV Live Sessions estão de regresso para a primeira temporada de 2021, que decorre entre janeiro e junho, com o apoio da Antena 3.

As grandes novidades desta temporada são o aumento da programação, passando de uma para duas sessões mensais, e a descentralização entre dois territórios: a conhecida sala do Centro e Laboratório Artístico de Vermil (CLAV), em Guimarães, e um novo palco físico, nos pólos da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão.

Também muda a forma de visualização online: as sessões são transmitidas em direto via Facebook, nas páginas do CLAV e da Comunidade Cultura e Arte, ficando disponíveis durante dois dias. Quem quiser rever uma sessão terá ainda a oportunidade de o fazer através do canal de TV por cabo Alma Lusa, na posição 139 do MEO. Após a respetiva retransmissão, todas as CLAV Live Sessions poderão ser encontradas numa plataforma de streaming criada pela CAISA, com acesso por subscrição.

A direção artística do CLAV quer também incentivar quem vê e ouve as CLAV Live Sessions à pratica da leitura — o mote para a nova temporada é “Traz um livro também”. Assim, para ter acesso a um concerto no CLAV, o público tem de doar um livro para a criação de uma biblioteca nesse espaço. Para aceder a um dos concertos descentralizados pelos vários pólos da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, tem de requisitar um livro para leitura em casa.

O público regressa às sessões com um máximo de dez espectadores (por sessão), que têm a oportunidade de ouvir os artistas como se estivessem numa sessão de gravação num estúdio de música. Os concertos, muito intimistas, cumprem as normas da Direção-Geral da Saúde.

 

8 janeiro | 21h30 | DON PIE PIE
V. N. Famalicão | Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco — Pólo de Joane

22 janeiro | 21h30 | VALTER LOBO
Guimarães | Centro e Laboratório Artístico de Vermil

5 fevereiro | 21h30 | LUCA ARGEL
Guimarães | Centro e Laboratório Artístico de Vermil

19 fevereiro | 21h30 | MISTER ROLAND
V. N. Famalicão | Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco — Pólo de Riba de Ave

5 março | 21h30 | OLD JERUSALEM
Guimarães | Centro e Laboratório Artístico de Vermil

19 março | 21h30 | INDIGO QUINTET
V. N. Famalicão | Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco — Pólo de Joane

2 abril | 21h30 | :PAPERCUTZ
Guimarães | Centro e Laboratório Artístico de Vermil

16 abril | 21h30 | TYROLIRO
V. N. Famalicão | Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco — Pólo de Riba de Ave

 

As CLAV Live Sessions são pioneiras em Portugal por serem o primeiro projeto de programação no país a utilizar o formato misto para as suas sessões, com público e transmissão online através das redes sociais e plataformas de comunicação desde janeiro de 2018. É também um projeto que acontece longe dos grandes centros, numa tentativa de corrigir algumas assimetrias culturais, sociais e económicas. Note-se que, no período de confinamento, as CLAV Live Sessions foram o único projeto de programação regular no país que não encerrou, com a única alteração de não haver público no espaço físico.