Agenda

#aovivooumorto

Em resposta à cada vez maior ameaça à sobrevivência de 27 salas de programação de música em todo o país, a associação Circuito dá-se a conhecer anunciando uma campanha protagonizada por nomes como Benjamim, Tomás Wallenstein, Marfox, Yen Sung ou Branko.

Sob o lema #aovivooumorto, esta ação chama a comunidade artística e o público a juntar-se numa fila/manifestação que pretende
sensibilizar para a importância destes locais para a cena musical nacional.

No dia 17 de outubro, pelas 15h00, em Lisboa, Porto, Viseu e Évora artistas e audiência esperam na fila para entrar nas salas fechadas, chamando a atenção para a importância destes espaços no tecido cultural e pedindo medidas de apoio para garantir a sua sobrevivência.

Para evitar a perda irreparável desta rede de palcos, a Circuito apela à implementação urgente de medidas de apoio e estratégias públicas de proteção e valorização do setor. Em 2019, estas salas contabilizaram um total de 7.537 atuações musicais para uma audiência de 1.178.847 pessoas, envolvendo dezenas de milhares de autores, intérpretes e outros profissionais do espetáculo.

Dia 17 de outubro, pelas 15h00, em Lisboa, Porto, Viseu e Évora, “Junta-te à fila para que o circuito não morra”.