O Stevie nasceu cego, com uma condição chamada anoftalmia que denomina a ausência dos globos oculares. Quando os donos perceberam que ele não iria abrir os olhos consideraram eutanásia-lo, visto não possuírem as condições para ter um cão invisual e porque seria difícil arranjar uma casa para ele. Felizmente, um familiar quis ajudar e ofereceu-se para lhe arranjar um lar através do Facebook.
A sua atual dona apaixonou-se imediatamente por ele, estava grávida na altura e o instinto maternal fez com que adotasse mais um bebé.
Desde então, o Stevie vive em Lisboa onde descobre o mundo à sua maneira!10440860_935266879820297_9063597368525779994_n10157235_1180194501994199_8874920226090610691_n10599690_930860440260941_4661171497296168349_n

O Stevie, apesar de ser cego, tem uma vida praticamente igual à dos outros cães em casa e na rua. Desenvolveu os outros sentidos e tem uma grande memória.

“Só preciso de ter o cuidado de não mudar as coisas de sítio porque ele já conhece todos os cantos à casa. Na rua, ele vai à minha frente. Temos um jogo de trela e de sinais que eu tenho que emitir para avisá-lo de algo que se aproxima.”

Normalmente as pessoas têm pena dele mas ficam muito surpreendidas por ele ser tão desenrascado. Hoje em dia, o Stevie já é muito conhecido na zona da Alameda, pois todos os dias os donos e os seus cães se reúnem para partilharem experiências e passarem bons momentos.

 

Vejam aqui o Facebook do Stevie

 

1689016_824085174271802_1353689163_n