Sinopses

Episódios anteriores

Episódio 18

Museu Henrique e Francisco Franco, Funchal
  • Emitido em
  • na
Os irmãos Franco, desconhecidos da esmagadora maioria dos portugueses, foram artistas cujas obras, revistas hoje, se apresentam de uma qualidade desconcertante. Henrique foi pintor e Francisco escultor e ambos tiveram formação artística em Paris nas primeiras décadas do séc. XX, ao mesmo tempo que outros portugueses, como Amadeo de Souza Cardoso ou Santa- Rita Pintor, lá estavam também. Porque será então que os nomes destes dois talentosos modernistas não dizem nada a quase toda a gente? Porque, nascidos no Funchal, recolheram, a partir de certa altura, à ilha? As razões são várias, mas as obras reunidas no pequeno museu que lhes é dedicado são uma surpresa deliciosa. Uma visita guiada pela historiadora de arte Raquel Henriques da Silva.
Ler mais >

Episódio 17

Campo Arqueológico de Mértola
  • Emitido em
  • na
Colocada no mapa do Portugal contemporâneo por Cláudio Torres, o fundador do célebre Campo Arqueológico de Mértola (CAM), esta vila do Alentejo é, há 40 anos, protagonista na redescoberta da História Islâmica do nosso
território. Acontece que, um acaso, conduziu a experiente equipa do CAM à descoberta de um conjunto de estátuas monumentais do tempo do Imperador Augusto, um tempo muito anterior à presença islâmica na Península.
As questões que esta nova descoberta do CAM coloca são muito surpreendentes. Os arqueólogos Cláudio Torres e Virgílio Lopes são os nossos guias nesta visita que, pelo chão de Mértola, atravessa milhares de anos.
Ler mais >

Episódio 16

Três Casas Modernas no Minho
  • Emitido em
  • na
Esposende, Ofir e Moledo - três dos mais concorridos destinos balneares do Norte do país - apresentam uma curiosa concentração de casas cuja arquitetura desafiou, à época, as imposições da Comissão de Estética do Estado Novo.
A Casa das Marinhas (1954), do arquiteto Viana de
Lima; a Casa de Ofir (1956), de Fernando Távora; e a Casa de Moledo (1962), de Siza Vieira são hoje referências na História da Arquitetura Portuguesa e exemplos paradigmáticos da evolução do Movimento da Arquitetura Moderna.
Uma visita emocionante guiada pelos arquitetos
Sérgio Fernandez e José António Bandeirinha, que também nos vão dizer o que havia de tão diferente entre a Escola de Arquitetura do Porto e a de Lisboa.
Ler mais >

Episódio 15

Ilha Graciosa, Açores
  • Emitido em
  • na
A Graciosa e, em particular, a sua espantosa Furna do Enxofre são o cenário para conhecer a vida e a obra de Francisco Afonso Chaves, uma figura central na História da emergência da Ciência Moderna em Portugal. Criador do serviço meteorológico dos Açores, o Coronel Afonso Chaves contribuiu decisivamente para a melhoria das previsões meteorológicas na Europa, para promover a importância estratégica dos Açores no mundo e para estreitar as relações entre as nove ilhas do arquipélago. Cúmplice científico do Príncipe Alberto I do Mónaco, que por sua vez foi o mentor do Rei D.Carlos nas Ciências do Mar, o Coronel Afonso Chaves viajou por muitos países, onde tinha pares científicos de primeira relevância, e conheceu como ninguém cada uma das ilhas dos Açores. Naturalista, fotógrafo amador, astrónomo, especialista em meteorologia, sismografia e geomagnetismo, em finais do séc. XIX Afonso Chaves não resistiu à tentação de descer à Furna do Enxofre, num tempo em que isso significava risco de vida. Uma visita guiada pela investigadora Conceição Tavares.
Ler mais >

Episódio 14

Mosteiro da Batalha
  • Emitido em
  • na
Mandado edificar por D.João I em agradecimento pela vitória na Batalha de Aljubarrota, este mosteiro é uma das mais impressionantes peças do gótico europeu. A Capela do Fundador, onde D.João I se fez sepultar com D.Filipa de Lencastre, a sua rainha, inaugura em Portugal uma nova tipologia tumular, com forte simbolismo político. São muitas as histórias da História do Mosteiro da Batalha, mas uma das mais surpreendentes, hoje, é a das sumptuosas cores que adornavam as paredes da Capela do Fundador. A colaboração interdisciplinar de investigadores portugueses produziu um filme em 3D que nos mostra como era, no séc. XV, a Capela do Fundador do Mosteiro de Santa Maria da Vitória. Um visita guiada por uma das mentoras deste projecto, a historiadora de arte Joana Ramôa Melo.
Ler mais >

Próximos episódios

Episódio 19

Igreja Nossa Senhora da Conceição Velha, Lisboa
  • A emitir em
  • na
Com uma fachada de meados do século XVI e um interior de finais do XVIII, a Igreja da Conceição Velha é de uma harmonia improvável.
Edificada com o patrocínio da Rainha D. Leonor para ser a sede da, à época recentíssima, Santa
Casa da Misericórdia de Lisboa, esta igreja é fruto do trabalho dos artesãos do Mosteiro dos Jerónimos.
Derrubada com o terramoto de 1755, a igreja foi reconfigurada com aproveitamento do arco original da porta principal, ainda que por dentro tenha assumido a estética da reconstrução pombalina. Na reconstituição da igreja, o caso mais curioso é o da capela-mor, que antes do terramoto era uma das magníficas capelas laterais do monumental templo. Uma visita guiada pelo Padre Mário Rui Pedras e pelo historiador de arte Fernando António Baptista Pereira.
Ler mais >

Episódio 20

Romeu, Trás-os-Montes
  • A emitir em
  • na
Romeu é o nome de uma aldeia em Trás-os-Montes, mas é também o nome que associamos a uma região e a uma paisagem.
Na segunda metade do séc. XIX, Clemente Menéres, um bem sucedido comerciante do Porto, que exportava produtos locais para muitas partes do mundo, resolve ir até à zona do Romeu em Trás-os-Montes, região que não conhecia. O objetivo era comprar uma mata de sobreiros, para passar a produzir a cortiça que exportava. A inesperada paixão que este território nele despertou conduziu-o a construir, em poucos anos, um património agrícola que perfaz mais de mil propriedades. Surpresa maior: cento e cinquenta anos depois, a Sociedade Agrícola Clemente Menéres mantém-se praticamente igual, a produzir com sucesso de acordo com os planos iniciais do fundador, indiferente às políticas agrícolas europeias, e praticando há 25 anos agricultura biológica. Um caso raro de património agrícola e paisagístico.
Uma visita guiada por João Pedro Menéres.
Ler mais >