Jorge e Ana Velez (Filipe Duarte e Maria João Pinho) estão casados há 10 anos e são pais de
Nuno, de 9 anos. Jorge tem 37 anos e não compreende por que é que a sua mulher, agora com
35, insiste em abortar o filho que finalmente espera, depois de andarem há vários anos a fazer
tratamentos de fertilidade mal sucedidos. Depois de tanta pressão e frustração Ana finalmente
engravidou, mas quando sabe que está grávida põe em causa a vontade de ter outro filho.
Jorge vai tentar por tudo fazê-la desistir da ideia de abortar. Jorge e Ana recorreram a Mário
para tentarem salvar o casamento, mas a terapia não surte o efeito desejado. E à medida que
as sessões avançam torna-se claro que Jorge e Ana vivem uma relação obsessiva, violenta,
muito sexual, e onde o conflito está sempre presente. Mário trabalha com eles as emoções e a
dinâmica do casal, ao mesmo tempo que o seu próprio casamento está a ruir.