Emitido

2019/09/28

Episódio nº 112

 

Convidados

Patrícia Santos

Ângela Pereira

Nuno Vaz

Tânia Ribas de Oliveira

José Pedro Vasconcelos

 

Texto do Provedor

Fazer com que possa viajar com a sua televisão sem sair de casa é o grande desígnio dos programas realizados no exterior. Em grande parte, essa é a sua razão de existir. Sobretudo quando não se trata de peças e reportagens informativas, mas de programas extensos de entretenimento, emitidos, ou gravados, a partir de um determinado local.

Para lhe mostrar aspetos que raramente pode ver, o Voz do Cidadão foi ter com a produção do “Sete Maravilhas Doces de Portugal” a Setúbal. Agradecemos o modo como fomos recebidos e a disponibilidade de todos para colaborarem com o nosso programa. Agradecemos também terem-nos ajudado a responder às questões que os telespetadores nos fazem chegar sobre as escolhas, os procedimentos e toda a organização que suporta a emissão de um programa no exterior.

Uma das funções mais relevantes do Provedor é permitir ao telespetador a compreensão dos processos que a televisão esconde, mas sem os quais nada chegaria ao seu ecrã. Conhecendo melhor os condicionalismos e as limitações a que a produção televisiva está sujeita, pode o telespetador exercer o seu espírito crítico de modo mais informado. E pode também ser mais exigente quanto à qualidade daquilo que lhe é dado a ver.

Eu sou o seu provedor. Não se esqueça, pode contar comigo.

Veja o programa completo aqui