O Pastor da IFUBEG condena os homossexuais: eles são doentes. Tão doentes como alguém com cancro.

Mas uma doença que tem cura, desde que se pague à Igreja, claro…