Luís quer manter-se fiel ao que escreveu, mas existe pressão para não deixar a novela cair num relato histórico (e aborrecido) de acontecimentos.

José aceita as críticas para não arranjar problemas com Luís, uma vez que o conflito entre os dois está sempre iminente.