Alice, aos dois anos de idade, com a morte da mãe é entregue aos cuidados de orfanatos, onde viveu até aos 18 anos, idade com a qual vai viver para a residencial de Amadeu, na companhia de Xana, a sua melhor amiga, são como irmãs.

Alice é uma jovem doce, simpática e de coração enorme, apesar de todas as dificuldades por que passou. É uma lutadora dotada de grande resiliência e otimismo. É alimentada sobretudo pelo seu espírito positivo e enorme desejo de voltar a encontrar a mãe.

No entanto, a grande reviravolta na sua vida dá-se quando Alice descobre que a mãe foi assassinada por Emília Castilho. Ao saber que a pessoa que tanto quer reencontrar foi assassinada, Alice transforma-se e fica marcada pelo seu desejo de vingança e pelo seu sentido de justiça. No entanto, este objetivo estará sempre marcado por um conflito, pois o seu amor, Guilherme, é filho da mulher de quem se quer vingar.

O principal objetivo de Alice é vingar-se de Emília por todo o mal que lhe fez no passado. O seu percurso
vai do abandono à aceitação da sua condição. Do sofrimento à vingança.