Mas claro que há despesas associadas a esta quebra de contrato… que o Ministro das Finanças desconhece por completo.