As ordens são para cumprir. Marque quem marcar, não há golos a mais ou a menos do que os encomendados. Este árbitro que o diga…