É o César do partido minoritário da coligação, um assessor acabado de cair na política vindo da blogosfera. É um indivíduo limitado que não percebe grande coisa do mundo que o rodeia e que passa a vida enfiado em reuniões inconsequentes. Vive uma guerra surda e infantil com César. Ambiciona ter um cargo de relevo, como presidente de um banco ou ministro ou o que vier à rede.