André procura Cândida para lhe dizer que Manuela está viva e conta que fala, regularmente, com ela ao telefone.

Cândida ri-se, diz-lhe que não acredita e avisa que não admite que venha brincar com a sua dor. Expulsa-o de sua casa, deixando André frustrado, mas fica claramente perturbada.