André procura Sofia para lhe dizer que a mãe está viva. Faz um telefonema para que ela possa ouvir a voz de Manuela, mas o número para onde liga não está atribuído.

Sofia expulsa-o da farmácia e ameaça-o de ir fazer queixa à GNR.