Sinopses

Próximos episódios

Episódio 300

  • A emitir em 2018-06-08
  • na RTP1
Seis meses depois, Sofia prepara-se para o seu casamento. Comenta que gostava que Carmen estivesse lá para os ver. Dulce elogia a amiga, parece uma princesa. Valentim revela que o bombeiro do ano é Arnaldo. Este fica envergonhado e receia a reação de Domingos. No entanto, Domingos abraça-o e dá-lhe os parabéns. Todos estão muito orgulhosos de Arnaldo, principalmente Fátima. Na sala de convívio, Evelina questiona Telmo se Vasco lhe achará piada apesar de ela ser gorda. Telmo repreende-a e mostra-lhe uma fotografia de Vasco quando era gordo. Por essa razão, sabe que não é isso que define uma pessoa. Evelina fica muito entusiasmada com a novidade. No restaurante, Gabriel está muito feliz porque Raul lhe vendeu a sua parte do restaurante. Alzira já teve uma bebé e já tem dois meses. Júlia mima a bebé como se fosse sua neta e está entusiasmada com o bisneto que vai nascer. Sandra está exausta pois está no final da gravidez.
Dulce vai em digressão pela Europa e América Latina e Gil vai consigo, agora é o seu agente. António comenta, orgulhoso que ficou em primeiro lugar no torneio de pesca. Cândida fala ao telefone com Manuela que chegou a Portugal e conseguiu passar na fronteira sem ser apanhada. Rita está triste por não ter Romão na inauguração do seu turismo rural. Cândida assegura que daqui a pouco tempo, ele estará de volta. Pedro fica emocionado ao ver Sofia vestida de noiva, está feliz pela filha porque ela vai casar com um homem extraordinário. Sofia fica comovida ao ouvir o pai. Luís e Sofia casam e à saída da igreja reparam que Cândida está com uma pessoa que não conhecem. Cândida e Manuela observam tudo de longe quando são interpeladas por um agente da GNR que prende Manuela por suspeita de homicídio e Cândida por cumplicidade. Em paz, junto ao castelo de Montemor, Pedro planta uma árvore e despeja aí as cinzas de Carmen. Pede à sua amada que ajude a árvore a crescer forte. Sofia e Luís acompanham-no, tranquilos. Por fim, Pedro despede-se, murmurando: até já, meu amor.
Ler mais >

Episódios anteriores

Episódio 300

  • Emitido em 2018-06-08
  • na RTP1
Seis meses depois, Sofia prepara-se para o seu casamento. Comenta que gostava que Carmen estivesse lá para os ver. Dulce elogia a amiga, parece uma princesa. Valentim revela que o bombeiro do ano é Arnaldo. Este fica envergonhado e receia a reação de Domingos. No entanto, Domingos abraça-o e dá-lhe os parabéns. Todos estão muito orgulhosos de Arnaldo, principalmente Fátima. Na sala de convívio, Evelina questiona Telmo se Vasco lhe achará piada apesar de ela ser gorda. Telmo repreende-a e mostra-lhe uma fotografia de Vasco quando era gordo. Por essa razão, sabe que não é isso que define uma pessoa. Evelina fica muito entusiasmada com a novidade. No restaurante, Gabriel está muito feliz porque Raul lhe vendeu a sua parte do restaurante. Alzira já teve uma bebé e já tem dois meses. Júlia mima a bebé como se fosse sua neta e está entusiasmada com o bisneto que vai nascer. Sandra está exausta pois está no final da gravidez.
Dulce vai em digressão pela Europa e América Latina e Gil vai consigo, agora é o seu agente. António comenta, orgulhoso que ficou em primeiro lugar no torneio de pesca. Cândida fala ao telefone com Manuela que chegou a Portugal e conseguiu passar na fronteira sem ser apanhada. Rita está triste por não ter Romão na inauguração do seu turismo rural. Cândida assegura que daqui a pouco tempo, ele estará de volta. Pedro fica emocionado ao ver Sofia vestida de noiva, está feliz pela filha porque ela vai casar com um homem extraordinário. Sofia fica comovida ao ouvir o pai. Luís e Sofia casam e à saída da igreja reparam que Cândida está com uma pessoa que não conhecem. Cândida e Manuela observam tudo de longe quando são interpeladas por um agente da GNR que prende Manuela por suspeita de homicídio e Cândida por cumplicidade. Em paz, junto ao castelo de Montemor, Pedro planta uma árvore e despeja aí as cinzas de Carmen. Pede à sua amada que ajude a árvore a crescer forte. Sofia e Luís acompanham-no, tranquilos. Por fim, Pedro despede-se, murmurando: até já, meu amor.
Ler mais >

Episódio 299

  • Emitido em 2018-06-07
  • na RTP1
Na estrada, Jorge continua a observar Carmen quando Sofia e Luís chegam e ficam perplexos ao ver aquele cenário. Luís corre para a mãe. Pedro chora consternado. Sofia abraça Luís, sem saber o que dizer. Cândida comenta com Júlia que, nesse dia, Carmen consegue ser feliz ou morre a tentar. Júlia benze-se e recebe, nesse instante, uma chamada a informar do acidente de Carmen. Fica atónita e depois chama bruxa a Cândida. Alzira fala com Cristina sobre o estado de Carmen, Jorge está muito desanimado e Cristina também sabe que se sobreviver vai ter sequelas. Júlia diz mesmo que pode ficar em estado vegetativo e que para isso, mais vale que morra já. No hospital, Jorge diz à família que Carmen tem poucas hipóteses de recuperar. Pedro pede para ficar sozinho com ela. Pega-lhe na mão enquanto reforça que a visão estava certa, está arrependido de ter brincado com o destino e de ter causado a sua morte. Beija-a de olhos fechados quando ouve a sua voz. Já não está no hospital e é o espírito de Carmen que lhe fala. Ela sorri ternurenta e reforça que a morte não é nada ao lado de um amor eterno. Recordam bons momentos e vemos as mãos de Pedro a colocarem uma coroa de flores na cabeça de Carmen quando eram adolescentes. Ela apalpa a adivinhar. Vemos Carmen e Pedro a casarem, jovens e felizes. Vemos Carmen e Pedro a brincar com um bebé. Antes de se despedir, Carmen diz que não se pode ter medo de viver. Pedro não quer continuar a viver mas Carmen ressalva que os filhos deles precisam ainda dele. Revela que Sofia e Luís terão gémeos. Carmen promete que voltarão a encontrar-se. No quarto do hospital, Pedro coloca a sua aliança no dedo e a de Carmen no dedo dela. Nesse momento, a máquina de suporte à vida dá sinal que Carmen morreu. Lá fora, Jorge apercebe-se do que aconteceu e Luís também. Pedro despede-se dela com um até sempre.
Ler mais >

Episódio 298

  • Emitido em 2018-06-06
  • na RTP1
Rita continua a acreditar na inocência do pai. Por sua vez, Cândida afirma que, conhecendo como conhece Romão, faz sentido que tenha sido ele a matar Madalena. No restaurante, Jorge conta a Raul o que aconteceu com Romão. Raul fica surpreso ao saber que o seu ex-amigo foi preso. A inspetora da PJ vai à herdade e põe Carmen, Luís e Pedro ao corrente de tudo o que aconteceu a Madalena. Explica que ela era uma assassina procurada pela Interpol e que foi ela quem tentou matar Carmen. Partilha também com eles que encontraram a arma que matou André e o dinheiro do assalto a Romão. A inspetora acha que Romão a matou depois de descobrir que ela o roubou. Ninguém consegue explicar porque Madalena tentou matar Carmen. Domingos entre no quartel dos bombeiros e vê todos desmaiados. E não percebe o que se passa. Quando se dá conta, quer aproveitar a oportunidade para ser considerado o bombeiro do ano. Demora tempo demais a colocar a máscara e começa a perder a força e deixa-se cair até desmaiar. A sorte é que Arnaldo chega e sente o cheiro. Salva-os a todos. No clube de pesca, Cremilde diz que Rita vai sofrer por causa de Romão ter sido preso. Gil acha que ela deve ser acompanhada para não ter uma depressão. Nesse momento, ouvem a sirene dos bombeiros e Gil sai a correr. Quando chega ao quartel, Gil encontra Arnaldo, de máscara, a tentar levar Evelina para a rua. Gil dá-lhe uma grande ajuda. Carmen diz a Pedro que está tudo a acontecer no momento certo é que agora é o momento deles. Pedro afirma que gosta ainda mais da mulher em que ela se tornou. Beijam-se. Raul elogia o gesto de bravura de Arnaldo e diz-lhe que pretende recomendá-lo para receber um louvor por bravura. Arnaldo fica comovido e muito orgulhoso, enquanto Domingos se sente mal por não ter o mesmo reconhecimento. Felícia fica emocionada ao ver Carmen vestida de noiva. Carmen diz-lhe que é um dia muito feliz. Felícia não quer que Pedro a veja para não dar azar, mas não consegue evitar. Este fica deslumbrado e ela também não desvia o olhar dele, como se mais nada existisse. Jorge leva Pedro dali e Luís elogia a mãe. Carmen ouve-o emocionada e feliz. Rita está de saída para ir visitar Romão à prisão e conta a Cândida que o pai já não tem dinheiro nenhum porque o contato que tinha na Suíça lhe roubou tudo. Depois de a neta sair, Cândida atende uma chamada de Manuela e conta-lhe que Pedro vai mesmo casar com Carmen e não há nada que ela possa fazer para o evitar. Carmen segue de carro para a igreja, onde Pedro a espera muito nervoso. Jorge tenta-o descontrair. Um ciclista atravessa-se à frente do carro em que Carmen segue e o motorista não consegue controlar o carro. Pedro tem uma visão. Começa a correr para a estrada e Jorge vai atrás dele. Luís e Sofia ficam preocupados. O carro de Carmen capotou e ela foi projetada e está caída no chão, ensanguentada. O motorista também está inconsciente. Pedro aproxima-se a correr e fica desesperado ao vê-la naquele estado. Jorge apressa-se a verificar os sinais vitais.
Ler mais >

Episódio 297

  • Emitido em 2018-06-05
  • na RTP1
A inspetora da PJ partilha com Cândida, Sofia e Rita que Romão é suspeito pelo homicídio de Madalena. Sofia observa que a namorada do pai devia esconder algo muito sombrio. Romão chega a casa e fica furioso ao saber que é suspeito. Romão está muito irritado e implora a Rita, Sofia e Cândida que acreditem que ele não matou Madalena, pois amava-a A inspetora chega à sala e tranquiliza todos, pois não encontrou nada que o incriminasse. Avisa-os que a investigação vai continuar. Carmen conversa com Luís, Sofia e Felícia e é da opinião que a morte de Madalena está ligada a André. Sofia também afirma que ficou com a sensação que a PJ sabe de alguma coisa mas não podem dizer nada. A inspetora também interroga Alzira e Raul no restaurante. Alzira refere que Madalena era misteriosa e que a viu várias vezes com André, o que deixa a inspetora pensativa. Cândida finge-se destroçada com a morte de Madalena e diz a Júlia que suspeita que tenha sido Romão a matá-la. Júlia fica reticente e não quer acreditar nisso. Nos bombeiros, Jorge apresenta Vasco, o novo médico que vai ajudá-lo nas consultas. Evelina fica fascinada e quando são apresentados ela cora. Fátima repara e brinca com ela. Telmo, inconveniente, diz bem alto que Vasco é um pão. Jorge chama-o à atenção. Vasco ri-se. Já no gabinete de Jorge, Vasco explica que precisava mesmo de mudar de ares. Está animado e motivado com o novo desafio. Jorge acha que ele se vai ambientar bem. Avisa-o que vai ter a sua primeira consulta com Júlia. Vasco comenta com Jorge que achou Evelina simpática e gira. Apesar de Fátima insistir que Vasco não ficou indiferente quando a viu, Evelina não acredita. De repente Evelina fica muito séria, sente um cheiro a gás. Alzira tenta convencer Raul a apoiar a relação de Gabriel com Sandra, mas Raul ainda não consegue. Felícia visita Sandra e ajuda-a com algumas tarefas. Avisa-a de que deve descontrair mas para Sandra não é fácil. Felícia não pode demorar poies tem de ajudar a organizar o casamento de Carmen e Pedro que é no dia seguinte. Sandra lamenta não poder ir. Carmen e Pedro conversam sobre o casamento. Ela está muito feliz, mal pode esperar para irem de viagem para o Tibete. Pedro também está entusiasmado. Romão vai à pecuária e acusa Luís de o andar a tramar e de dizer que ele é criminoso. Reforça que não matou Madalena e tenta agredir Luís. Afirma que vai voltar, pois a pecuária vai voltar a ser dele. Já no carro, Romão é intercetado pela inspetora da PJ que lhe ordena que saia do carro porque tem um mandato de busca. Procede às buscas e encontra um frasco com mercúrio no portabagagens. A inspetora algema Romão e acusa-o pelo homicídio de Diana Carvalho. Romão suplica que é inocente mas é detido.
Ler mais >

Episódio 296

  • Emitido em 2018-06-04
  • na RTP1

Alzira reconhece que devia ter apoiado o filho e reforça que, a partir de agora podem contar com ela. São uma família. Sandra fica emocionada. A inspetora da PJ questiona Luís sobre Madalena. Quando ele sugere que tenha sido Cândida a envenenar a criminosa, a inspetora refere que Cândida gosta muito de Madalena e que quem o fez é profissional. Carmen e Luís ficam apreensivos. No hospital, Jorge diz a Romão que Madalena está a morrer, nada mais conseguem fazer para a salvar. Madalena morre. Destroçado, Romão liga a Cândida para lhe dizer que Madalena morreu. Cândida fica feliz e apressa-se a ligar a Manuela a contar a novidade. Fátima conta aos outros bombeiros que Madalena morreu. Decidem não contar nada a Telmo para ele não adiar novamente o casamento. Sandra maquilha Telmo enquanto lhe conta que está muito surpreendida com Gabriel, tem sido incansável. E conta-lhe que também fez as pazes com Alzira. Telmo acredita que eles vão ficar juntos para sempre. Enquanto decorre o casamento, a sirene dos bombeiros toca mas Telmo não deixa ninguém sair até estar terminado o casamento. Carmen vai oficina ter com Pedro para lhe contar que Madalena morreu. Pedro sente pena de Romão. Carmen também pensa em Cândida. É Dulce quem dá a notícia a Sofia e a Rita. Elas ficam em choque e pensam em Romão. Sofia quer ser ela a dizer a Cândida. Domingos anseia por um acontecimento épico que o faça ser bombeiro do ano. Raul repreende-o e recorda-lhe que o trabalho deles é feito em equipa e os feitos são de todos. Telmo fica devastado ao saber da morte de Madalena. A inspetora da PJ interroga-o e diz-lhe que só descansa quando apanhar o assassino. Rita e Sofia consolam Cândida que se finge em dor pela morte de Madalena. São surpreendidas pela chegada da inspetora da PJ que traz um mandato de busca para revistar a casa. Cândida fica nervosa mas disfarça.
Ler mais >