Tem quase 70 anos mas ainda trabalha, para juntar algum dinheiro à reforma. Trabalha em casa de Maria do Carmo, como mulher-a-dias, há mais de 20 anos.

É viúva. É analfabeta, mas muito inteligente, sensata e sensível. Perdeu os pais muito cedo. Trabalhou a vida inteira para dar uma boa educação aos filhos.

Tem cinco filhos (dois morreram) – dos que estão vivos, um tem um problema grave de droga, outra é Lucinda; outra é Clara.