É com energia, boa disposição e com a sua inconfundível voz de rouxinol que Raminhos se faz à estrada rumo… ao Alentejo! A primeira paragem é em Arraiolos, que tem como cartão de visita os seus inconfundíveis tapetes e parece que o Raminhos não dá mesmo ponto sem nó.