“Vou dar cabo deste gajo! Eu sou o rei da Galhofa!” (António Raminhos)