“Para mim basta ter doce de ovos…”, diz António Raminhos mal entra na Fábrica das Tortas Azeitonenses.