Enquanto o rei a procura na festa religiosa em Odivelas, Sóror Paula é levada para uma conversa com Maria Ana.

Para grande surpresa da freira, a rainha confronta-a e lembra-lhe o que costuma acontecer aos bebés que nascem dentro das paredes do Senhor.