Na corte, João V é confrontado com a notícia do afundamento de uma nau portuguesa a mando do imperador Carlos VI, irmão de Maria Ana, a rainha de Portugal. Não há certezas, mas os nobres defendem o ataque ao imperador: Portugal não pode permitir tais ofensas. Entre eles está Francisco, irmão mais novo do rei. Foi ele que lançou o boato…

O Conde Vimioso está entre as vozes contra e parece convencer o rei. Para já.