Ingredientes Recheio (aprox. 60 un.)

  • 460g amêndoa sem casca (moída)
  • 460g grão de bico (passado em creme)
  • 690g açúcar
  • 1 c. sopa manteiga
  • 6 gemas
  • 1 c. chá canela
  • q.b. pão ralado (fresco ou seco) – em caso de necessidade
  • 2kg de banha de porco para fritura

Levar o açúcar ao lume com 170g de água, misturar até dissolver o açúcar e ferve 1m (ponto pasta), quando a calda adere às costas de uma colher formando uma leve e transparente camada.

Juntar as amêndoas ao puré de grão e adicionar a calda de açúcar + a manteiga + canela e levar ao lume a ferver um pouco, mexendo continuamente com a colher de pau.
Retirar do lume.
Juntar as gemas bem batidas, misturando bem para envolver tudo por igual.
Levar novamente ao lume (na receita original menciona a adição de algumas colheradas de miolo de pão ralado caso necessite).
Está no ponto quando em ponto estrada.

Ingredientes para a massa:

  • 500g Farinha T65
  • 280g água
  • 50g banha de porco

Amassar a farinha com água e banha de porco até ter uma massa homogénea.
Deixar descansar a massa 10m coberta com um pano.

Nota: Na transcrição do livro, a massa é feita unicamente com farinha e água, não sendo referido o tipo de farinha, o descanso da massa e a possível utilização de gordura.

Finalização:

Tender a massa fininha, rechear e cortar com uma carretilha dando o formato de meia lua (idêntico a pastéis massa tenra/azevias).
Fritar os pastéis em banha e polvilhar com açúcar fresco fino.

Pode consultar a receita original no “Livro das receitas de doces e cozinhados vários d’este Convento de Santa Clara d’Evora” (1729).