Com autoria do historiador Fernando Rosas e produção da Garden Films, “História a História” regressa aos ecrãs, desta vez exclusivamente dedicada à história colonial portuguesa em África. Agora denominada “História a História África”, com emissão na RTP2 (Domingos, às 21:00) e RTP África (Terças, às 21:00), irá permitir-nos aprofundar o conhecimento que temos (ou devíamos ter) da influência e presença de Portugal nos países africanos.

Para o Prof. Fernando Rosas, História a História África “é uma revisitação do colonialismo moderno português desde finais do séc. XIX até 1975, que contempla as políticas coloniais dos vários regimes deste período – Monarquia Constitucional, República, Estado Novo – das resistências a elas e dos seus desenlaces”. O programa é baseado numa investigação feita em arquivos documentais e audiovisuais e vem inserir-se no debate em curso sobre as políticas coloniais portuguesas no mundo da sua época.

Filmada em Angola, Moçambique, Cabo-Verde, Guiné-BissauSão Tomé e Príncipe e Portugal, “História a História África” começa nas guerras de ocupação e nas “campanhas de pacificação”, no século XIX, e atravessa diversas dimensões da história imperial portuguesa: as políticas coloniais da Primeira República e do Estado Novo; os projetos de povoamento branco; as diferentes formas de exploração da mão-de-obra nativa e as políticas segregacionistas; as atrocidades cometidas pela PIDE nos territórios africanos; a manutenção da escravatura; os massacres não reconhecidos oficialmente; a origem dos movimentos de libertação; as grandes obras do império em Moçambique e Angola; a Guerra Colonial; a organização das lutas armadas; a insurreição dos colonos; o retorno.

 

 

Sempre guiados pelo historiador Fernando Rosas e outros entendidos na matéria, visitaremos os espaços mais simbólicos e marcantes da história do antigo Império Português. Uma oportunidade única para ficar a conhecer alguns dos episódios da nossa história comum, como nunca antes foi contada.

No primeiro episódio, aprofundaremos as Guerras de Ocupação. O moderno colonialismo começa com a corrida pela partilha de África entre os impérios e países coloniais europeus. Proibido o tráfico de escravos, tratava-se de ocupar militar e administrativamente os territórios e de os explorar economicamente em novos moldes. É o início do ciclo africano do Império.

“História a História África” é o resultado de dois anos de trabalho de investigação própria, recolha de materiais iconográficos e documentais, escrita dos guiões e gravações em África. Ao longo de 13 episódios serão abordados temas inéditos em televisão e mostrados locais de difícil acesso.