A Manuela Baptista já nos tinha encantado nas audições com a sua capacidade de recitar poesia com emoção e propriedade.

Desta vez, não só recitou poesia, como nos presenteou com um poema escrito por ela.

Foi um momento muito emocionante.