Saulo Roque, 34 anos, Suiça
Talento: Contorcionismo

Saulo, mais conhecido como Snake Man, começou a desenvolver o seu talento aos 4 anos. Vindo de uma família ligada ao circo, é a sétima geração da parte do pai e a quinta do lado da mãe. Vive entre Portugal e Suíça. O seu maior sonho é ser artista de circo em Portugal.

 

Qual o motivo da sua participação?
Mil e um motivos me levaram a participar no programa, não só para divulgar meu trabalho mas também dar um pouco mais de cultura circense a nosso país.

Quais os seus hobbies?
Adoro dar aulas de zumba, fazer roupas para espetáculo, entre outras.

Qual é a sua principal qualidade?
Ser sempre eu e dar o meu melhor.

E o principal defeito?
Acho que isso não consigo responder pois acho que como todos nós temos defeitos mas poderia apontar a teimosia.

Que outros talentos tem?
Costura, barman, animador, instructor de zumba, etc.

Durante a sua atuação na audição o que foi mais difícil?
Penso que os nervos foram a parte mais difícil, mesmo tendo 30 anos de carreira o bichinho na barriga está sempre lá.

Qual o comentário do júri que mais gostou de ouvir?
Não tive nenhum em particular foram todos muito agradáveis.

Qual dos jurados é mais difícil de impressionar?
Não acho nenhum mais difícil ou fácil. Cada um é impressionado à sua maneira, uns mais e outros menos.

Como viu a sua inclusão nos semi-finalistas?
Uma honra enorme saber que dão valor ao meu talento. Vou agarrar com unhas e dentes esta oportunidade única.

Acha que tem tudo para ser o Grande Talento de Portugal?
Se ser talento em Portugal não for mais que ser cantor ou bailarino, acho que sou o candidato perfeito para ser o grande talento de Portugal.

O que espera ganhar com a sua participação no programa?
O reconhecimento e o valor da minha arte que em Portugal não é considerada arte ou cultura, acho que está na hora de mudar e dar o valor merecido.