Samba Injai
Idade:
20 anos
Localidade: S. Pedro do Estoril
Talento: Bailarino
12.ºAno de Escolaridade –Escola Artística de Dança Conservatório Nacional

Descreve numa palavra o motivo da participação no programa?
Oportunidade.

Como te descreves?
Sou uma pessoa simpática, trabalhadora, pois sou muito exigente comigo próprio em relação à dança.

Quais os teus hobbies?
Conviver com os outros, ir ao cinema, passear.

Qual é a tua principal qualidade?
Amigo do meu amigo.

E o principal defeito?
Sou muito guloso.

Durante a tua audição, o que foi mais difícil?
Não estar nervoso.

Qual o comentário do júri que mais gostaste de ouvir?
Gostei de todos em geral, pois todos me aconselharam a melhorar o meu desempenho.

Qual dos jurados é mais difícil de impressionar?
Todos.

Achas que tens tudo para ser o Grande Talento de Portugal?
Sim.

O que esperas ganhar com a participação no programa?
Mais experiência em palco e mais à vontade com o público.

 

Samba dança desde pequeno, mas começou a levar a dança mesmo a sério quando entrou no 5.º ano no Conservatório de Dança. Aos 6 anos teve aulas de ballet, na escola primária; depois aulas de ginástica acrobática e hip-hop. A professora primária indicou aos Monitores da Fundação que ele tinha muito potencial e que deveria seguir dança. Conseguiu ter bolsas para ir fazer cursos de verão, três vezes, ao Royal Ballet School, companhia onde sonha ser bailarino. Ambiciona viver da dança, já que a dança é a sua vida! Tem aulas diariamente de vários estilos, até de yoga. Dedica as suas conquistas na vida à Fundação O Século – que sempre o apoiou e incentivou. As suas grandes inspirações são o Marcelino Sambé e o irmão.