Margarita e João
Leiria

Talento: Ballet Margarita e João são alunos da Academia Annarella Sanchez. Margarita é a filha da fundadora da academia e é a primeira portuguesa a ganhar o prémio Youth Grand Prix em Paris.

João já ganhou vários prémios internacionais: ganhou a Copa do Mundo em contemporâneo e vai representar Portugal em Nova Iorque.

Qual o motivo da vossa participação?
Mostrar a dança de uma maneira profissional, não é apenas um hobbie. Para mostrar ao país esta arte que por vezes é desconhecida e não muito apreciada. Além disso, para nos promover individualmente e como escola.

Como se descrevem?
Somos pessoas trabalhadoras e dedicadas ao Ballet e a o trabalho, no geral. Somos muito preocupados com o que fazemos. Somos parecidos em algumas coisas.

Quais os vossos hobbies?
Estar em casa com a família , ouvir música e brincar com minha irmã mais nova.

Qual é a sua principal qualidade?
Nunca desistir dos nossos sonhos (objectivos) e sermos muito trabalhadores.

E o principal defeito?
Sermos perfeccionistas, porque nunca nos conformamos com nada.

Durante a vossa atuação na audição o que foi mais difícil?
O mais difícil foi ter que me habituar ao palco pois era para dançar em pontas e escorregava um pouco, acabei por fazer em meias pontas. E também o facto do palco ser um pouco pequeno.

Qual o comentário do júri que mais gostaram de ouvir?
Gostámos dos três porque foram comentários diferentes mas importantes para nós.

Qual dos jurados é mais difícil de impressionar?
Os mais difíceis de impressionar são o Manuel e a Cuca.

Como viram a vossa inclusão nos semi-finalistas?
Vimos como uma forma de reconhecimento do nosso trabalho e de continuarmos a trabalhar.

Acham que têm tudo para serem o Grande Talento de Portugal?
Sim, precisamos é que o público goste da nossa dança. Vamos fazer por isso, trabalhar e dar o nosso melhor.

O que esperam ganhar com a vossa participação no programa?
Experiência, visibilidade e dar a conhecer o nosso trabalho e o reconhecimento do mesmo