João e Tiffanie Duo, Lisboa
Talento: Acrobacia Aérea

João e Tiffanie conheceram-se há 12 anos mas só há um ano e meio é que se juntaram como dupla acrobata.
Vêm ao programa para terem algum reconhecimento nacional. João fez acrobática de alta competição durante 15 anos e Tiffanie começou aos 8 anos na dança clássica. O maior sonho é atuarem no Cirque Du Soleil.

Qual o motivo da vossa participação?
Mostrar ao nosso país que estamos muito mais desenvolvidos do que pensamos, mostrar o que é nacional também é bom e mostrar que temos muito talento português a trabalhar fora porque, infelizmente. não há mercado para nós cá. Não há apoio do estado para podermos sobreviver nesta área em Portugal.

Como se descrevem?
Muito profissionais, trabalhadores, humildes e muito lutadores.

Quais os vossos hobbies?
Além dos treinos intensivos, dançar, ir ao cinema e estar com a família e amigos o máximo tempo possível.

Qual é a sua principal qualidade?
Lutadores.

E o principal defeito?
Obsessivos pela perfeição.

Durante a vossa actuação na audição o que foi mais difícil?
Fazer o número depois de tantas viagens e de tanto cansaço acumulado e sem ter tempo para ensaiar.

Qual o comentário do júri que mais gostaram de ouvir?
O da Cuca Roseta, quando se mostrou emocionada.

Qual dos jurados é mais difícil de impressionar?
O Manuel Moura dos Santos.

Como viram a vossa inclusão nos semi-finalistas?
Uma oportunidade de mostrar mais ainda do que somos capazes.

Acham que têm tudo para serem o Grande Talento de Portugal?
Ter, achamos que temos, tais como todos os outros candidatos, mas temos muitos talentos em Portugal, não estamos no programa para ganhar, mas sim para nos divertirmos e sobretudo para divertir e encantar o público.

O que esperam ganhar com a vossa participação no programa?
Esperamos ganhar o respeito de todos os Portugueses para com a nossa profissão e esperamos também que a área da cultura comece a investir mais em espaços de circo em Portugal.