Nome: Fábio e Patricia
Idade: 37 e 36 anos
Localidade: Moita
Talento: Atiradores de Bestas
Profissão: Artistas de circo

Descrevam numa palavra o motivo da participação no programa?
Divulgação.

Como se descrevem?
Persistentes e perfecionistas.

Quais são os vossos hobbies?
Praticar diariamente tiros com as bestas.

Qual é a vossa principal qualidade?
Humildade.

E o principal defeito?
Teimosia.

Durante a atuação na audição, o que foi mais difícil?
Arriscar a vida de uma mulher.

Qual o comentário do júri que mais gostaram de ouvir?
Quando o Tochas disse que foi o momento mais arriscado que tiveram no Got Talent Portugal.

Qual dos jurados é mais difícil de impressionar?
Sem dúvida o Manuel Moura dos Santos.

Acham que têm tudo para ser o Grande Talento de Portugal?
Pensamos que sim, mas preferimos que sejam os portugueses a decidir isso após verem a nossa apresentação.

O que esperam ganhar com a vossa participação no programa?
Os trinta mil euros (risos), poder melhorar ainda mais o nosso número… Ser um dos melhores atiradores de bestas, dar a conhecer esta arte dentro e fora de Portugal e levar os nossos filhos à Disney.

 

O pai de Fábio era domador de tigres e a mãe trapezista. Participa no Got Talent Portugal com a mulher Patrícia, que conheceu na feira. Ela trabalhava na roulotte de hambúrgueres da mãe. Apaixonaram-se. Estão juntos há 14 anos, têm dois filhos e trabalham no circo. Fábio já fez de tudo: roda da morte, equilibrismo, aéreos, entre outros. Querem ser os melhores do mundo nesta arte, até porque só existem 6 pessoas capazes de fazer o mesmo.